Idosa é morta por filha, netas e genro em disputa por herança em SP

Caso, que ocorreu Jardim Odete, em Itaquaquecetuba, na Grande SP foi registrado como homicídio qualificado e ato infracional por homicídio

Homicídio de idosa ocorreu no Jardim Odete, em Itaquaquecetuba

Homicídio de idosa ocorreu no Jardim Odete, em Itaquaquecetuba

Reprodução Record TV

Um homem, de 25 anos, duas mulheres, de 19 e 36 anos, e uma adolescente, de 14, foram detidos em flagrante suspeitos pela morte de uma idosa, de 61, na rua Aurélio Peres, no Jardim Odete, em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. O caso ocorreu na tarde de sábado (22). Os adultos foram presos devem responder pelo crime de triplo homicídio qualificado. A jovem foi apreendida. 

Leia mais: Incêndio em caminhões-cegonhas queima 80 carros na Grande SP

Os policiais militares foram acionados para atender a ocorrência. No local, foram recepcionados por uma das suspeitas, a filha da vítima. Ela afirmou à polícia que encontrou a mãe desacordada. O Samu e Bombeiros foram acionados, mas a idosa estava morta. Ela apresentava marcas no pescoço.

Em diligências, os policiais encontraram uma testemunha que contou que a vítima enfrentava problemas de relacionamento com a filha e suas duas netas em razão de uma indenização em dinheiro recebida. O valor era de aproximadamente de R$ 140 mil. 

Leia mais: Bloco de Daniel Alves, Good Crazy acaba mais cedo por conta de brigas

Os PMs encontraram o homem, companheiro da filha da vítima. Segundo a polícia, ele afirmou que, junto com a mulher e as duas filhas, praticaram o crime. O suspeito afirmou que a idosa foi estrangulada. Os quatro foram detidos em flagrante.

O caso foi registrado como homicídio qualificado e ato infracional por homicídio. O corpo de Marivalda dos Santos, de 61 anos, será velado na manhã da segunda-feira (24), na capela do Cemitério Morada da Paz, na Estrada de São Bento, Jardim São Paulo, em Itaquaquecetuba, Região Metropolitana de São Paulo. O sepultamento ocorreu por volta das 9h30.