São Paulo Idoso cai em golpe, entrega seus cartões e tem prejuízo de R$ 16 mil

Idoso cai em golpe, entrega seus cartões e tem prejuízo de R$ 16 mil

Suspeito informou por telefone que se não colaborasse, o idoso teria seu CPF prejudicado, podendo gerar processo contra ele

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Idoso entregou cartões ao homem, que se passava por motoboy

Idoso entregou cartões ao homem, que se passava por motoboy

Reprodução

Um homem de 71 anos sofreu um golpe de cartões de crédito na última terça-feira (19), em São Paulo (SP), e perdeu aproximadamente R$ 16 mil, denunciou o filho da vítima à reportagem. Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que o idoso entrega seus cartões ao suposto criminoso.

De acordo com Carlos, o filho da vítima, o homem recebeu uma ligação da quadrilha especializada nesse tipo de golpe que informou ao aposentado que se tratava de um funcionário da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Durante o contato, o suspeito, que se passava por um representante da Febraban, disse ao idoso que havia um problema com os seus cartões e que era necessário que a vítima entregasse todos os cartões a um motoboy que posteriormente passaria em sua casa.

Para convencer o aposentado a entregar os cartões, o suspeito informou ao homem que caso não colaborasse, o CPF do aposentado seria prejudicado, podendo até gerar um processo contra ele. Acreditando nas informações, a vítima combinou um horário com a suposta empresa para entregar os cartões.

Imagens da câmera do condomínio onde a vítima mora registraram o momento no qual um motoboy vai até a residência aplicar o golpe. Na terça-feira (19), por volta das 16h40, é possível ver um homem aguardando em frente à casa do idoso. Após alguns minutos, a vítima aparece no portão e entrega um envelope para o homem, que em seguida vai embora.

Para não ser reconhecido, o suspeito estacionou a moto a alguns metros do condomínio, e, a partir das imagens, não foi possível reconhecer a placa do veículo.

Segundo Carlos, o pai entregou todos os cartões ao suposto motoboy. Entre os cartões entregues estão os de três bancos, de uma empresa seguradora e de dois supermercados.

Após a entrega, a mãe de Carlos e esposa do aposentado entrou em contato com o filho para contar a situação. Ao perceberem que se tratava de um golpe, Carlos pediu para que o pai entrasse em contato com todos os bancos e operadoras para bloquear os cartões.

Mesmo com o bloqueio, segundo Carlos, em dois dias o prejuízo tomado pelo pai chegou a cerca de 16 mil reais.

O caso foi registrado no 34° Distrito Policial, que prossegue com as investigações para identificar os envolvidos. Ainda nesta sexta-feira (22), a família voltará à delegacia para entregar as gravações das câmeras de segurança no condomínio que possam ajudar no caso.

Últimas