Idoso morto em 'saidinha de banco' completava 73 anos nesta segunda

Paulo Mosei Iybiku teria reagido ao assalto realizado por três homens em frente a uma agência bancária na zona leste de São Paulo

Dois suspeitos  
foram detidos na avenida Itaquera, zona leste de São Paulo

Dois suspeitos foram detidos na avenida Itaquera, zona leste de São Paulo

Reprodução/Record TV

Paulo Mosei Iybiku, o idoso morto após ser baleado durante roubo em frente a um banco no Tatuapé, zona leste de São Paulo, fazia aniversário de 73 anos nesta segunda-feira (10). Ele reagiu ao assalto, realizado por três homens, e acabou sendo baleado. 

Leia mais: Ex-segurança 'herói' de boate Kiss tenta retomar a vida em São Paulo

O trio ainda abordou uma segunda pessoa, que entregou cerca de 4 mil reais que tinha em mãos e não reagiu a abordagem. Após o assalto na porta da agência, os três suspeitos fugiram. 

O helicóptero Águia 10, do Grupamento Aéreo de Polícia Militar, foi acionado para realizar buscas pelos criminosos. Após buscas na região, dois dos suspeitos que haviam fugido em uma moto e, posteriormente, em um carro da marca Hyundai, modelo IX35, foram presos.

Na avenida Itaquera, no cruzamento com a avenida Aricanduva, a polícia conseguiu prender o homem apontado como autor dos disparos, outro suspeito, que já possuía passagem por roubo, formação de quadrilha e estelionato.

O terceiro suspeito envolvido no caso segue foragido. Até o momento não foi possível identificar o homem. Os dois criminosos presos foram encaminhados ao 21° Distrito Policial da Vila Matilde, onde o caso foi registrado.

O Itaú Unibanco, onde ocorreu o crime, encaminhou uma nota atualizada lamentando a morte da vítima.