Novo Coronavírus

São Paulo Índice de isolamento em SP sobe, mas segue abaixo do mínimo

Índice de isolamento em SP sobe, mas segue abaixo do mínimo

Apenas 11 municípios do estado entre 645 registraram, na quinta-feira, índices superiores aos 55% mínimos; capital teve apenas 49%

  • São Paulo | Do R7

Isolamento social segue abaixo do mínimo em SP, segundo SIMI

Isolamento social segue abaixo do mínimo em SP, segundo SIMI

Fábio Vieira/FotoRua/Folhapress - 15.05.2020

O índice de isolamento social no estado de São Paulo subiu para 48% nesta quinta-feira (14), com aumento em relação aos 47% do dia anterior, como informou o Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP). A porcentagem, entretanto, segue abaixo do índice mínimo de 55% esperados.

Na capital paulista, o índice também subiu ligeiramente: foi de 48% na quarta-feira para 49% na quinta.

Apenas 11 municípios entre 645 do estado registraram índices superiores a 55%: São Sebastião (67%), Ubatuna (63%), Lorena (59%), Itanhaém (59%), Ribeirão Pires (58%), Cruzeiro (58%), Ibiúna (57%), Itapecerica da Serra (56%), Mairiporã (56%), São Vicente (56%) e Caraguatatuba (55%).

Veja também: Mais de 240 mil placas conseguiram isenção de rodízio em São Paulo

Desde segunda-feira, o isolamento no estado tem se mantido com índices entre 47% e 48%. Entre as últimas duas semanas, chegou ao seu auge (53%) no domingo (10).

Últimas