Novo Coronavírus

São Paulo Itapevi (SP) recorre à Justiça para manter retomada econômica

Itapevi (SP) recorre à Justiça para manter retomada econômica

Município é contra a decisão do governo paulista de regredir a fase de todas as cidades da região oeste no Plano São Paulo, que monitora a reabertura

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Itapevi alega redução de mortes e casos da doença

Itapevi alega redução de mortes e casos da doença

Divulgação / Governo de SP

A prefeitura de Itapevi, na Grande São Paulo, informou neste sábado (8) que entrará na Justiça contra a decisão do governo paulista de regredir a fase de todas as cidades da região oeste no plano que monitora a retomada econômica no estado durante a pandemia do novo coronavírus.

Leia também: Estado de São Paulo registra mais de 25 mil mortes pela covid-19

A região oeste abrange também os municípios de Osasco, Barueri, Carapicuíba, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus e Jandira. Todos passaram da fase amarela para a fase laranja, com mais restrições às atividades econômicas.

A prefeitura alega que Itapevi apresenta indicadores que garantem sua manutenção na fase amarela, como, a redução da taxa de letalidade de 12,7% em junho, para 8,2% em agosto de 2020, segundo a Fundação Seade.

Veja também: Escolas particulares de São Paulo dizem estar prontas para retorno

Ainda segundo o Seade, a variação semanal de casos no município é de -6,7%. A média móvel de óbitos no município em 6 de agosto é de 1,57. Em 9 de julho, quando a cidade avançou para a fase amarela, era de 2,14.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no município é de 54,6% nos últimos sete dias, segundo o Censo COVID-19 do Governo do Estado de São Paulo.

Últimas