São Paulo Justiça suspende demolição do tobogã do Estádio do Pacaembu

Justiça suspende demolição do tobogã do Estádio do Pacaembu

Decisão atendeu a pedido associação de moradores Viva Pacaembu que tramitava desde 2018. Ainda cabe recurso 

  • São Paulo | Beatriz Leite, da Agência Record

Estádio do Pacaembu

Estádio do Pacaembu

Eduardo Knapp / Folhapress - 09.08.2018

A Justiça de São Paulo suspendeu a demolição do tobogã do Estádio Paulo Machado de Carvalho, mais conhecido como Estádio do Pacaembu.

O juiz Alberto Alonso Muñoz, da 13ª Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça de São Paulo, atendeu ao pedido da associação de moradores Viva Pacaembu, que tramitava na Justiça desde 2018, na última quinta-feira (7).

Na decisão, o juiz considerou que a estrutura faz parte do complexo que foi tombado em 1998. Ainda cabe recurso.

A concessionária que administra o estádio, Allegra Pacaembu, tinha planos de demolir o tobogã e construir um prédio com cinco andares, onde seriam colocados escritórios, bares, restaurantes e estacionamento. O juiz determinou uma multa de R$ 500.000 caso a concesisonária descumpra a sentença.

Últimas