São Paulo Justiça suspende reintegração de posse de terreno em Guarulhos (SP)

Justiça suspende reintegração de posse de terreno em Guarulhos (SP)

Nova liminar suspende a ação por 120 dias. Relator diz que decisão ocorreu também em função da pandemia do coronavírus

  • São Paulo | Edilson Muniz e Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Representante das famílias obtém liminar que suspende ação por 120 dias

Representante das famílias obtém liminar que suspende ação por 120 dias

Reprodução

Uma reintegração de posse que ocorreria em um terreno ocupado por cerca de 200 famílias na Estrada do Elenco, na região do Parque Santos Dumont, em Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, na manhã desta terça-feira (2) foi suspensa.

Um representante dos moradores conseguiu uma nova liminar que suspendeu a ação por 120 dias. O pedido de reconsideração e os autos foram protocolados nesta segunda-feira (1). O relator Salles Vieira afirmou que a suspensão se deu, também, por conta da pandemia da covid-19 e em razão do "Princípio da Dignidade Humana."

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar estiveram no local, mas já foram instruídos a deixarem a região. O local é conhecido como Comunidade Terra Prometida. No último dia 23 de fevereiro os moradores conseguiram fazer com que a decisão da Justiça de Guarulhos fosse suspensa e a reintegração foi remarcada para esta terça-feira (2).

Segundo relatos, o terreno pertence à CCR, concessionária que administra o Rodoanel Mario Covas. Equipes do 15° Batalhão de Polícia Militar haviam preparado o efetivo para seguir até o endereço. O processo segue na justiça e os moradores cobram a Prefeitura para cadastrar moradores no programa de moradia.

Últimas