São Paulo Mãe é suspeita da morte das filhas adolescentes na zona oeste da capital paulista

Mãe é suspeita da morte das filhas adolescentes na zona oeste da capital paulista

Crime aconteceu na tarde deste sábado no bairro Butantã e ainda é cercado de mistério

  • São Paulo | Do R7, com Agência Record

Mãe das jovens é suspeita do crime na zona oeste de São Paulo

Mãe das jovens é suspeita do crime na zona oeste de São Paulo

Mario Ângelo/Sigmapress/Estadão Conteúdo

Duas adolescentes foram encontradas mortas dentro de casa, por volta das 15h10 deste sábado (14), no Butantã, zona oeste de São Paulo. A mãe das vítimas estava desacordada na entrada da casa e, segundo a soldado Ilda, da 3ª CIA do 4º Batalhão da Polícia Militar, ela confessou para um médicos do resgate que matou as filhas.

O caso foi descoberto quando o Corpo de Bombeiros recebeu um chamado para um tentativa de suicídio por inalação de gás de cozinha, em uma casa localizada na rua Doutor Romeu Ferro. No local, eles encontraram uma mulher caída no chão da entrada da casa e as duas filhas dela, de 13 e 14 anos, no segundo andar, ambas já mortas e com sinais de estrangulamento e espancamento.

De acordo com os bombeiros, a mulher foi resgatada e levada para o Hospital Universitário. O estado de saúde dela não foi divulgado.

Leia mais notícias de São Paulo

A mãe das meninas é uma corretora de imóveis, segundo um vizinho que aceitou falar com a reportagem. Ele disse ainda que a família nunca demonstrou ter problemas, e que na casa moravam apenas as três mulheres.

A ocorrência deve ser encaminhada para o 14º Distrito Policial.

Últimas