Mais de 840 mil visitaram parques de SP após 1 mês de reabertura

Setenta parques estão abertos na capital. Atividades como caminhada, corrida, trilha e ciclismo estão liberadas com uso de máscara e distanciamento

Reabertura de parques de SP completa 1 mês com mais de 840 mil frequentadores

Reabertura de parques de SP completa 1 mês com mais de 840 mil frequentadores

HENRIQUE BARRETO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Os parques municipais da cidade de São Paulo completaram um mês de reabertura nesta quinta-feira (13). No período, a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente contabilizou 840.569 frequentadores nos 70 parques reabertos. Os cinco mais visitados foram: Ibirapuera (286.026 frequentadores), Carmo (90.838), Aclimação (59.164), Independência (51.839) e Luz (39.574).

Só no mês de julho, os espaços foram visitados por 496.620 pessoas.

Os parques abrem das 10h às 16h, mas o Ibirapuera, Carmo, Aclimação e o Independência têm horário diferenciado: das 6h às 16h.

Círculos no chão

Nos parques do Ibirapuera, Carmo, Burle Marx e Povo foram pintados círculos nos gramados, com cerca de 2,5 e 3 metros de diâmetro, para garantir o distanciamento social durante a pandemia.

Leia mais: Com parques fechados, avenida Paulista vira opção de lazer em SP

Nos parques municipais estão suspensos eventos e fotos comerciais. Atividades físicas como caminhada, corrida, trilha e ciclismo estão liberadas, respeitando o uso de máscara e o distanciamento social.

Já as práticas com aglomeração, como eventos e esportes coletivos, estão temporariamente suspensas. Também os parquinhos e equipamentos de ginástica estão fechados. Os sanitários permanecem abertos. Há disponibilização de álcool em gel 70% para higienização das mãos.

Há restrição no número de portões de acesso, sinalização de piso em áreas que promovam fila e reorganização das áreas de consumo de alimentos das lanchonetes, conforme protocolos setoriais.

Veja também: Secretário municipal da Saúde de SP tem teste negativo para covid-19

Parques abertos

Estão neste grupo 59 parques urbanos e lineares: Jardim da Luz, Aclimação, Independência, Buenos Aires, Ibirapuera, Cemucam, Alfredo Volpi, Carmo, Piqueri, Vila dos Remédios, Anhanguera, São Domingos, Raposo Tavares, Lions Clube Tucuruvi, Raul Seixas, Santa Amélia, Burle Marx, Eucaliptos, Chácara das Flores, Tiquatira - Eng. Werner Zulauf, Ipiranguinha, Trote, Parelheiros, Povo - Mario Pimenta Camargo, Vila Prudente - Ecológico Prof. Lydia Natalízio Diogo, Rapadura, Itaim, Fogo, São José, Sapé, Água Vermelha, Aricanduva, Vila do Rodeio, Consciência Negra, Jardim Sapopemba, Sena, Ten. Brig. Faria Lima, Juliana de Carvalho Torres - Cohab Raposo Tavares, Zilda Arns, Lajeado - Izaura Pereira Franzolin, Canivete, M'Boi Mirim, Barragem de Guarapiranga, Ciência, Mongaguá, Rio Verde, Ribeirão Caulim, Ribeirão Cocaia, Cantinho do céu, Sete Campos, Jardim Prainha, Guabirobeira - Mombaça, Jardim da Conquista, Ribeirão Oratório, Sapopemba (Aterro), Feitiço da Vila, Chácara do Jockey, Jardim das Perdizes e Parque Nair Bello, em Itaquera.

Leia ainda: SP tem 1.900 policiais afastados por covid-19, diz governo do estado

Fazem parte dos espaços abertos cinco Parques Naturais Municipais, que tiveram o funcionamento retomado de acordo com projeto-piloto de visitação, iniciado antes da pandemia. Cada unidade abre um dia na semana, de segunda a quinta, das 10h às 16h. São eles: PNMs Jaceguava (segunda-feira); Itaim (terça-feira), Fazenda do Carmo (terça-feira), Varginha (quarta-feira) e Bororé (quinta-feira). As unidades permanecem fechadas de sexta a domingo.

Estão inclusas também as seis áreas de preservação, o PNM Cratera de Colônia: Reserva do Morumbi, Quississana, Ecológico de Campo Cerrado Alfred Ústeri, Savoy City e Altos da Baronesa. O acesso a essas unidades é concedido apenas para fins de pesquisa, mediante agendamento.

Veja mais: Após pagar multa, Jacquin reabrirá restaurante interditado em SP

Parques fechados

Outros parques urbanos e lineares permanecem fechados: Trianon, Guarapiranga, Previdência, Nabuco, Lina e Paulo Raia, Rodrigo de Gásperi, Vila Guilherme, Luiz Carlos Prestes, Severo Gomes, Chico Mendes, Jardim Felicidade, Santo Dias, Cidade de Toronto, Ermelino Matarazzo, Colinas de São Francisco, Jacintho Alberto, Cordeiro Martin Luther King, Castelo, Nove de Julho, Shangrilá, Zilda Natel, Guaratiba, Vila Sílvia, Pinheirinho D'Água, Herculano, Guanhembu, Praia de São Paulo, Casa Modernista, Mário Covas, Leopoldina, Benemérito Brás, Águas, Senhor do Vale, Central do Itaim, Nebulosas, Tatuapé, Chuvisco e Nascentes do Ribeirão Colônia.