São Paulo Manifestação contra Bolsonaro bloqueia avenida Paulista, em SP

Manifestação contra Bolsonaro bloqueia avenida Paulista, em SP

Público se concentrou em frente ao Masp; ato teve adesão bem inferior à registrada no 7 de Setembro, em apoio ao presidente

  • São Paulo | Do R7

Manifestantes se concentraram em frente ao prédio do Masp, na Avenida Paulista

Manifestantes se concentraram em frente ao prédio do Masp, na Avenida Paulista

TABA BENEDICTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 02/10/2021

Manifestantes ocuparam a avenida Paulista, na região central de São Paulo, para protestar contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O ato trouxe críticas à política econômica, em especial no que diz respeito ao preço dos combustíveis e dos alimentos, e à condução do combate à pandemia de Covid-19 e defendeu a liberdade e a democracia.

O protesto reuniu partidos de oposição e movimentos sociais. Ao todo, 30 entidades atuaram na organização do evento. Apesar da predominância da cor vermelha em faixas e cartazes, muitas pessoas foram às ruas levando a bandeira do Brasil.

Grupos ligados às torcidas organizadas de clubes paulistas, como Corinthians, Palmeiras e São Paulo, também se juntaram ao protesto. Não houve passeata. Ao todo, eram dez carros de som espalhados entre as ruas Pamplona e Consolação.

Em 7 de setembro, ao menos dez quarteirões ficaram tomados por apoiadores do presidente

Em 7 de setembro, ao menos dez quarteirões ficaram tomados por apoiadores do presidente

VINCENT BOSSON/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO - 07.09.2021

Os quase 3 quilômetros de extensão da avenida Paulista ficaram interditados nos dois sentidos. Apesar disso, a movimentação maior de manifestantes aconteceu no entorno do Masp (Museu de Arte de São Paulo). O ato começou às 13h, e por volta das 17h30 o público já se dispersava para ir embora — movimento este que foi intensificado por causa da chuva que começou às 18h. 

Além do protesto em São Paulo, houve um, nesta tarde, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e, mais cedo, outro no centro do Rio de Janeiro.

Últimas