São Paulo Manifestantes são detidos com faca e soco inglês no Anhangabaú (SP)

Manifestantes são detidos com faca e soco inglês no Anhangabaú (SP)

Na avenida Paulista, um homem de 39 anos ficou ferido após ser atingido por drone; outro homem é preso com celulares roubados

  • São Paulo | Letícia Dauer e Laura Augusta, da Agência Record

Arma e soco inglês são encontrados com manifestantes em São Paulo

Arma e soco inglês são encontrados com manifestantes em São Paulo

Divulgação Polícia Militar

Duas pessoas foram detidas na estação do Anhangabaú da linha 3-Vermelha do Metrô por portar objetos proibidos. Um manifestante levava uma uma faca e um soco inglês, enquanto o outro fogos de artifício. As ocorrências serão registradas no 2° DP.

Um homem foi preso em flagrante com vários celulares furtados na rua Itapeva, na Bela Vista. O caso será registrado no 78° Distrito Policial do Jardins.

Em outra ocorrência, um manifestante, de 39 anos, ficou ferido após ser atingido por um drone na avenida Paulista. O item foi apreendido para perícia e o proprietário não foi localizado. O caso também foi registro no 78° DP.

O homem compareceu ao DP e informou que participava de uma manifestação quando o objeto atingiu sua cabeça. O item foi apreendido para perícia e o proprietário não foi localizado.

Durante revista a grupo de 30 manifestantes, foram localizados, em uma das mochilas, petrechos próprios para a confecção de coquetel molotov, na Rua Líbero Badaró, 600. Um homem está sendo conduzido ao 8º DP.

Manifestação na Paulista

Milhares de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro estão reunidos na Avenida Paulista, entre a avenida Brigadeiro Luís Antônio e a Praça dos Ciclistas, no centro da capital, desde às 8h. Segundo os organizadores da manifestação, entre as reivindicações do grupo estão a liberdade de expressão, o voto impresso, o impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e a intervenção militar.

Vestindo as cores verde e amarelo e carregando bandeiras do Brasil, a maioria dos manifestantes desrespeitam as medidas sanitárias de combate à pandemia, como uso de máscara e distanciamento social, determinadas pelo governo estadual.

O presidente Jair Bolsonaro chegou, por volta das 15h30, na manifestação. Ele subiu em um carro de som e fez um discurso de cerca de 15 minutos, atacando o ministro Alexandre de Moraes do STF. Durante a sua participação, ele não usou a máscara de proteção.

Bolsonaro chegou no avião presidencial, por volta das 13h15, no Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital. Em seguida, deslocou-se em um helicóptero até o Quartel General do Exército, próximo ao parque do Ibirapuera, no Paraíso.

Manifestações de oposição

Milhares de integrantes de movimentos sociais e sindicais contrários ao presidente Bolsonaro estão reunidos no Vale do Anhangabaú, no centro histórico de São Paulo, desde às 14h.

Anualmente, o movimento Grito dos Excluídos e Excluídas realiza manifestações no feriado da Independência de 7 de Setembro. Em sua 27ª edição, o tema do protesto é "Vida em Primeiro Lugar",   

Entre as críticas do grupo ao governo federal está o aumento do preço do gás de cozinha e da inflação, a violência contra negros e indígenas, os mais de 15 milhões de brasileiros desempregados, o congelamento dos recursos destinados à saúde, educação e moradia, o valor do auxílio emergencial.

Últimas