São Paulo Marcha da Maconha interdita ruas de São Paulo

Marcha da Maconha interdita ruas de São Paulo

Às 18h, ato reunia cerca de 3.000 pessoas, segundo a PM

Marcha da Maconha interdita ruas de São Paulo

Concentração começou por volta das 15h, no vão livre do Masp

Concentração começou por volta das 15h, no vão livre do Masp

Levi Bianco/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo

A Marcha da Maconha bloqueava vias na região central de São Paulo no fim da tarde deste sábado (26). O protesto, que reunia cerca de 3.000 pessoas, segundo a PM, começou na avenida Paulista, entrou na rua Augusta e, às 17h40, bloqueava as pistas sentido centro da rua da Consolação.

O grupo vai caminhar em direção à praça Roosevelt, mas não informou qual percurso será feito. A PM não disse quantos policiais acompanham o protesto, que pede a descriminalização da maconha.

Até as 17h, o ato acontecia de maneira pacífica. Os próprios manifestantes se mobilizaram na internet para fazerem um cordão de isolamento durante a caminhada, semelhante ao feito pelos policiais.

A concentração começou por volta das 15h, no vão livre do Masp. Os organizadores pediram no Facebook que os participantes não levassem drogas ilícitas. A PM não registrou detenções durante o protesto. 

Leia mais notícias de São Paulo