Coronavírus

São Paulo Médicos reduzem sedação de Maguito em tratamento de covid-19

Médicos reduzem sedação de Maguito em tratamento de covid-19

Prefeito eleito de Goiânia, político do MDB perdeu parte da campanha por estar internado na UTI do Hospital Albert Einsten desde o dia 27 de outubro

  • São Paulo | Do R7

Maguito Vilela se recupera de covid-19 no Hospital Albert Einsten, em SP

Maguito Vilela se recupera de covid-19 no Hospital Albert Einsten, em SP

Divulgação

O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), tem o quadro de saúde estável e com redução gradual da sedação, conforme um comunidado emitido nesta terça-feira pelo Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde o político segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para o tratamento da covid-19.

Leia também: Iris Rezende sugere que filho de Maguito assuma prefeitura

Maguito, de 71 anos, encontra-se traqueostomizado com ventilação mecânica em modo protetor e diálise contínua, segundo boletim médico assinado pelos pneumologistas Carmen Barbas e Marcelo Rabahi, além de Miguel Cendoroglo, diretor médico e de serviços hospitalares do Albert Einstein.

Histórico hospitalar

Maguito Vilela, que também é ex-governador goiano, está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro, após ser infectado pelo novo coronavírus. O tratamento o fez perder parte da campanha pela prefeitura da capital do seu estado de origem.

No dia 30 de outubro, a equipe médica decidiu pela intubação do paciente pelo quadro de insuficiência respiratória. Ele evoluiu bem, foi extubado no dia 8 de novembro, mas voltou a ser intubado em razão de uma piora do quadro pulmonar (inflamatória e infecciosa), seguindo em ventilação mecânica invasiva.

Já no dia 17 de novembro, os médicos iniciaram um tratamento dialítico seguido de instalação de Ecmo para proporcionar ventilação protetora pulmonar.

No dia 3 de dezembro, Maguito Vilela voltou para a UTI comum, onde permaneceu traqueostomizado e em ventilação mecânica protetora com bom controle de oxigenação. Os médicos mantiveram além da diálise e o paciente estava hemodinamicamente estável.

Últimas