Coronavírus

São Paulo Mesmo com restrições, jovens fazem baile funk em São Paulo

Mesmo com restrições, jovens fazem baile funk em São Paulo

Festas com som alto aconteceram na madrugada deste domingo (14) em Itaquera, na zona leste, e na Brasilândia, zona norte

  • São Paulo | Rodrigo Balbino, da Agência Record

Mesmo com restrições impostas por causa da pandemia, jovens fazem baile funk em São Paulo

Mesmo com restrições impostas por causa da pandemia, jovens fazem baile funk em São Paulo

Reprodução

Jovens realizaram bailes funk nas zonas norte e leste de São Paulo na madrugada deste domingo (14), apesar das restrições impostas para conter a propagação do novo coronavírus e o cancelamento do Carnaval. 

Na zona leste, o encontro aconteceu na rua Professor Teotônio Pavão, no Jardim São Paulo, região de Itaquera. Imagens obtidas pela Record TV mostram dezenas de jovens aglomerados, não respeitando as orientações de distanciamento social e sem máscaras, mesmo em meio à pandemia de covid-19. Também havia um paredão de veículos com o porta-malas aberto com caixas de som em alto volume.

O 28° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, responsável pela área, confirmou a realização do baile funk, mas disse que não houve intervenção da corporação no local.

Brasilândia

Mesmo com a orientação das autoridades sanitárias para o distanciamento social, centenas de jovens se aglomeraram na rua Padre Achilles Silvestre, na Brasilândia, zona norte.

Uma moradora do bairro fez a denúncia e disse que esses bailes funk são comuns na região e costumam durar até o amanhecer. Os jovens se reúnem com som alto, aglomeração e consumo de bebidas alcoólicas. Veículos foram adaptados para a venda de bebidas. 

De acordo com o 18° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, responsável pela área, a corporação tem conhecimento do baile funk no local mas, por orientação do governo do Estado, não pode intervir depois que o evento já está instalado.

Últimas