São Paulo Metade dos paulistanos considera ruim a manutenção das praças 

Metade dos paulistanos considera ruim a manutenção das praças 

Segundo Rede Nossa São Paulo, 53% dos moradores da cidade avaliam manutenção como ruim ou péssima. Foram entrevistadas 800 pessoas 

Manutenção de praças em São Paulo

Praça no bairro de Tucuruvi, na zona norte de SP

Praça no bairro de Tucuruvi, na zona norte de SP

R7

Mais da metade dos paulistanos avalia como ruim ou péssima a manutenção de praças na cidade de São Paulo, segundo estudo da instituição Rede Nossa São Paulo em parceria com o Ibope da Inteligência.

A organização da sociedade civil entrevistou 800 pessoas, de 3 a 23 de abril de 2019, para divulgar o levantamento nesta quarta (15), que mapeia a relação de cidadãos com políticas públicas voltadas para o meio ambiente.

Segundo o levantamento, 53% dos entrevistados avaliam de forma negativa a manutenção de praças na cidade, enquanto somente 11% avaliam serviço como ótimo ou bom. 

Combate às enchentes

Avaliação negativa dos cidadãos também se repetiu em relação ao trabalho da Prefeitura no combate às enchentes: 74% responderam que atuação da administração municipal foi péssima ou ruim no último ano.

Habitantes de cor parda/negra pertencentes à classe C e D estiveram entre os que pior consideraram esforços da Prefeitura. 

                                                           Reciclagem 

Em relação à reciclagem e separação de lixo, mais de um terço dos entrevistados (38%) afirmou não realizar atividades destinadas à coleta seletiva. Outros 61% disseram que separam lixo reciclável do orgânico.

Concessão de parques

Os dados revelaram que a maioria dos paulistanos é favorável à concessão de parques municipais para a iniciativa privada. Cerca de 60% são a favor, enquanto 31% são contra e 10% não sabem ou preferem não responder à questão. 

*Estagiário do R7, sob supervisão de Ana Vinhas