São Paulo Metrô de SP modifica operação para o segundo turno das eleições

Metrô de SP modifica operação para o segundo turno das eleições

Sete trens a mais e vão circular nas linhas 1- Azul, 2- Verde, 3- Coral e 15- Prata. O quadro de funcionários também será ampliado

Limpeza nas áreas de circulação, também será intensificada

Limpeza nas áreas de circulação, também será intensificada

Bruno Escolastico/Photopress/Estadão Conteúdo

O Metrô-SP vai reforçar a operação para agilizar o fluxo e ampliar a segurança dos passageiros durante o segundo turno das eleições em São Paulo, no próximo domingo (29).

Leia também: Real Time: Covas soma 49% e Boulos tem 41% de intenções de voto em SP

As linhas 1- Azul, 2- Verde, 3- Vermelha e 15- Prata terão reforço na frota, com sete trens a mais distribuídos entre elas. Segundo o Metrô, as operações serão monitoradas ininterruptamente, e outros tens podem ser colocados em circulação, se necessário.

O quadro de agentes da estação e de segurança será reforçado para que os passageiros tenham auxílio, especialmente nos momentos de embarque e desembarque de idosos e pessoas com deficiência. A limpeza nas áreas de circulação, também será intensificada. Para auxiliar na organização do fluxo, serão emitidas mensagens sonoras nos trens e estações.

Exclusivamente neste domingo, os acessos nas estações Corinthians-Itaquera (passarela sentido Estádio), Bresser-Mooca (acesso norte), República (acesso Escola Caetano de Campos) e Anhangabaú (rua Dr. Falcão Filho) estarão abertos, para facilitar a circulação dos passageiros.

Ainda de acordo com o Metrô, o acesso oeste da estação Trianon-Masp, que estava fechado desde o início da quarentena, a partir deste domingo será reaberto permanentemente, funcionando de segunda a sexta, das 6h às 20h30. Aos sábados, domingos e feriados, permanecerá fechado.

Últimas