São Paulo Metroviários de SP planejam paralisação na quinta-feira (1º)

Metroviários de SP planejam paralisação na quinta-feira (1º)

Protesto em razão da campanha salarial da categoria deve ser definido em assembleia da categoria, na noite desta quarta (30)

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Passageiros aguardam na plataforma da Estação da Luz, no centro de SP

Passageiros aguardam na plataforma da Estação da Luz, no centro de SP

Edson Lopes Jr./R7 - 12.04.2021

Os metroviários de São Paulo pretendem paralisar as atividades na próxima quinta-feira (1º) como forma de protesto em razão da campanha salarial da categoria. Segundo o sindicato da categoria, a decisão será votada em assembleia nesta quarta (30).

Os funcionários e a Companhia do Metropolitano estão em conciliação na Justiça do Trabalho. No início de junho, o TRT (Tribunal Regional do Trabalho), aprovou o dissídio coletivo.

De acordo com a decisão judicial, o Metrô deve pagar os valores retroativos, com reajuste de 7,79%, para o salário, vale-refeição e vale transporte. A quantia deveria ser paga até esta quarta (30).

O acordo inclui também o pagamento da segunda parcela da PR de 2019, no dia 31 de janeiro de 2022, além do abono salarial, em 31 de março de 2022.

Últimas