São Paulo Ministério Público denuncia ex-BBB Felipe Prior por crimes de estupro

Ministério Público denuncia ex-BBB Felipe Prior por crimes de estupro

Polícia Civil finalizou inquérito que apura crimes do ex-BBB e encaminhou ao Ministério Público sem indiciá-lo. Caso segue em segredo de Justiça

  • São Paulo | Do R7

Felipe Prior foi denunciado por estrupro

Felipe Prior foi denunciado por estrupro

Reprodução/Facebook

O MP-SP (Ministério Público do Estado de São Paulo) ofereceu, nesta quinta-feira (6), uma denúncia contra o ex-participante do reality show BBB Felipe Prior por três estupros (dois que teriam sido consumados e um tentado). O caso está em segredo de Justiça.

Em abril deste ano, depois da eliminação de Prior do programa, três mulheres denunciaram formalmente agressões que teriam sido cometidas por Prior na época da faculdade. Houve abertura de um inquérito pela 1ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), e o caso foi encerrado sem indiciamento.

O inquérito, então, foi encaminhado para o Ministério Público. Não é possível saber sobre quais casos Prior foi denunciado, já que corre sob segredo.

Por meio de nota coletiva, as advogadas das vítimas, Maira Machado Frota Pinheiro e Juliana de Almeida Valente, repudiou a conclusão do inquérito sem indiciamento, e disse que "não reflete o conjunto de provas que confirma os relatos das mulheres".

A nota afirma que as testemunhas de defesa não conseguiram, durante as oitivas do inquérito policial, refutar diretamente os relatos das vítimas. "Somente uma crença infundada em teorias da conspiração explica o relato de quatro mulheres, confirmado por testemunhas, documentos e laudos periciais, ser desconsiderado apenas porque o agressor negou a prática dos crimes".

Últimas