Modelo é encontrado morto em quarto de hotel no centro de SP

Amigo não conseguiu contato com Michel Santos, de 27 anos. Corpo de jovem estava caído no chão com seringas de anabolizante ao lado

O modelo e ator Michel Santos, de 27 anos, foi encontrado morto dentro do apartamento de um hotel na rua Bela Cintra, no bairro da Consolação, região central de São Paulo, por volta das 16h desta sexta-feira (9).

A Polícia Militar informou que foi acionada pela equipe de gerência para atendimento de uma ocorrência de encontro de cadáver. No endereço funciona uma unidade da rede de hotéis Quality Suites Long Stay.

Leia mais: Saiba o que abre e o que fecha em SP no feriado de 12 de outubro

Luiz, amigo de Michel e quem alugou o apartamento ao modelo, foi quem notou a ausência do rapaz. O amigo foi até o prédio e alertou os funcionários sobre o sumiço do jovem, que não recebia mensagens no celular desde a última quarta-feira (7).

Todos foram até o apartamento na tentativa de encontrar Michel e conseguiram abrir a porta, momento em que viram o corpo dele caído no chão.

O local estava muito bagunçado e os PMs encontraram o corpo da vítima já em  estado adiantado de putrefação, inchado e com cheiro forte.

Veja também: Saúde monta força-tarefa em SP para prevenir pernilongos e dengue

Michel foi encontrado morto em quarto de hotel no centro de São Paulo

Michel foi encontrado morto em quarto de hotel no centro de São Paulo

Reprodução / Arquivo Pessoal

De acordo com o amigo, a porta não tinha sinais de arrombamento, inclusive a fechadura estava com a corrente trancada por dentro. Ao lado do corpo, foram encontradas seringas de anabolizante e, segundo o amigo, ele costumava fazer uso de medicamentos conhecidos como "bombas".

Não foi localizada nenhuma testemunha que pudesse esclarecer as circunstâncias da morte. A área foi preservada para a realização de perícia. Foram requisitados exames necroscópico, datiloscópico e toxicológico.

Leia ainda: Cinemas, teatros e museus de SP podem reabrir neste sábado

O caso foi registrado no 4º Distrito Policial (Consolação) como morte suspeita e está em investigação. A família de Michel é de Minas Gerais e o corpo do jovem deve ser enterrado em Uberaba.