São Paulo Mônica Calazans, 1ª vacinada no Brasil, ganha mural na CPTM em SP

Mônica Calazans, 1ª vacinada no Brasil, ganha mural na CPTM em SP

Pintura feita pelo artista Tody One representa momento em que enfermeira celebra sua imunização com o punho erguido

  • São Paulo | Do R7

Artista publicou fotos com Mônica em seu perfil no Instagram

Artista publicou fotos com Mônica em seu perfil no Instagram

Reprodução/Instagram/@tody_one

A enfermeira Mônica Calazans, primeira pessoa a ser vacinada contra a covid-19 no Brasil, foi homenageada com um mural na estação José Bonifácio da CPTM, na zona leste de São Paulo (SP).

A pintura, produzida pelo artista Tody One, representa o momento em que Mônica celebra sua imunização com o punho erguido, no dia 17 de janeiro.

A enfermeira aproveitou a ocasião para homenagear a todas as mulheres. “Um feliz dia das mulheres. Um dia cheio de emoção para todas essas mulheres guerreiras que trabalham fora e cuidam de suas famílias. Beijo a todas”, disse.

Primeira vacinada do país

Apesar de pertencer ao grupo de risco para a covid-19 por ser obesa, hipertensa e diabética, em maio do ano passado ela se inscreveu para vagas de CTD (Contrato por Tempo Determinado), escolhendo trabalhar no Emílio Ribas, no epicentro do combate à pandemia.

Ela trabalha em turnos de 12 horas, em dias alternados, na UTI do Emílio Ribas, hospital de referência para casos graves da doença. O setor tem 60 leitos exclusivos para o atendimento a pacientes com coronavírus, com taxa de ocupação média de 90%.

Por se enquadrar no grupo de risco e atuar na linha de frente, foi escolhida para ser a primeira vacinada no país em janeiro.

Últimas