São Paulo Monstro da Alba, acusado de matar 6 pessoas, será julgado em março

Monstro da Alba, acusado de matar 6 pessoas, será julgado em março

Segundo o TJ de SP, o julgamento está previsto para os dias 16, 17 e 18 de março no Fórum Criminal da Barra Funda

  • São Paulo | Laura Lourenço, da Agência Record

Jorge Luiz Morais de Oliveira, que ficou conhecido como "Monstro da Alba", será julgado em março de 2022. Ele é acusado de matar seis pessoas em 2015 e de enterrá-las em sua casa, na região da Favela Alba, zona sul de São Paulo.

Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o julgamento está previsto para os dias 16, 17 e 18 de março no Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste da capital.

Pintor Jorge Oliveira foi preso depois que policiais encontraram corpos em sua casa

Pintor Jorge Oliveira foi preso depois que policiais encontraram corpos em sua casa

Reprodução/Rede Record

O caso foi reaberto quando foi encontrada, em 17 de novembro deste ano, uma ossada concretada em um muro de uma casa que havia sido reformada por Oliveira.

Em novembro, a Polícia Civil de São Paulo afirmou que interrogaria o Monstro da Alba sobre a ossada humana encontrada dentro de um muro. Os ossos foram encaminhados para a perícia, que vai determinar a identidade do morto e o período em que o corpo foi concretado na casa.

O pintor Jorge Oliveira foi preso depois que policiais encontraram seis corpos dentro da casa onde ele morava, em um beco da Favela Alba, no Jabaquara, zona sul de São Paulo. Ele chegou a confessar a autoria dos crimes. Naquela época, a polícia contava 30 pessoas desaparecidas na região.

Últimas