São Paulo Morador de rua morre após pedir socorro em UPA e não ser atendido

Morador de rua morre após pedir socorro em UPA e não ser atendido

Caso ocorreu na unidade do Tatuapé, na zona leste de São Paulo. Homem procurou por atendimento no sábado e no domingo

  • São Paulo | Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Corpo do homem foi encontrado na altura do número 4979 da avenida Celso Garcia

Corpo do homem foi encontrado na altura do número 4979 da avenida Celso Garcia

Reprodução/Google Street View

Um homem em situação de rua morreu em frente à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Tatuapé após procurar socorro e não ser atendido. O corpo da vítima foi localizado às 06h45 desta segunda-feira (8) na avenida Celso Garcia, número 4979, no Tatuapé, zona leste de São Paulo.

Segundo a sala de imprensa da Polícia Militar, o corpo estava com rigidez cadavérica.

De acordo com a Polícia Civil, o idoso teria procurado no sábado (6) o atendimento médico na UPA, que foi negado. Ele retornou no domingo (7) e foi recusado novamente.

Na manhã desta segunda-feira (8), o corpo do morador de rua, de aproximadamente 65 anos, foi localizado.

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) Leste, onde serão colhidas as digitais para identificar o homem.

O caso foi registrado como morte suspeita, encontro de cadáver e omissão de socorro qualificado, pois resultou em morte, no 52° Distrito Policial.

Últimas