Tragédia no baile da 17
São Paulo Moradores protestam após 9 morrerem em baile de Paraisópolis

Moradores protestam após 9 morrerem em baile de Paraisópolis

Vítimas foram pisoteadas na comunidade após tumulto ocasionado com a chegada de policiais militares

Paraisópolis

Ato foi convocado pelas redes sociais

Ato foi convocado pelas redes sociais

Jose Barbosa/Futura Press/Estadão Conteúdo – 1.12.2019

Centenas de moradores de comunidade de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, saíram às ruas na noite deste sábado (1º) para protestar contra a morte de nove pessoas durante um baile funk na madrugada.

As vítimas foram pisoteadas após um tumulto ocasionado com a chegada de policiais militares que perseguiam suspeitos na região.

Veja mais: O que é o 'Baile da 17', pancadão onde 9 morreram pisoteados

O protesto dos moradores foi convocado pelas redes socias. "Pedimos o apoio de todos que puderem comparecer para estarmos fazendo uma passeata passiva para estarmos pedindo que respeitem nossa comunidade, nossos filhos, irmãos, pais, netos e sobrinhos', diz o texto.

Mais cedo, a União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis criticou a ação da Polícia Militar. Em nota, a entidade afirma que "quem deveria proteger acaba provocando mais violência" na comunidade da zona sul.