Novo Coronavírus

São Paulo Morre médico italiano que estava em navio atracado em Santos (SP)

Morre médico italiano que estava em navio atracado em Santos (SP)

Tripulante do Costa Fascinosa estava em hospital desde dia 4. Ainda estão a bordo da embarcação 452 pessoas, sendo que 26 estão com coronavírus

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Médico italiano era tripulante do navio e morreu com covid-19 em hospital

Médico italiano era tripulante do navio e morreu com covid-19 em hospital

Reprodução / Record TV

Um médico italiano de 70 anos morreu em um hospital de Santos, no litoral de São Paulo, com covid-19. Ele era tripulante do cruzeiro Costa Fascinosa, que, desde março, está atracado no Porto de Santos. As informações são da Record TV.

Leia mais: Brasileiros deixam embarcação Costa Fascinosa parada em Santos

O homem foi o último a ser retirado da embarcação para atendimento médico emergencial. No dia 4, ele desembarcou com suspeita de infarto. Mas, no hospital particular, foram feitos exames que indicaram a infecção pelo novo coronavírus.

A morte foi confirmada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que faz inspeções no navio. Ainda estão a bordo do cruzeiro 452 pessoas. Destas, 26 tiveram o teste positivo para covid-19. Outros tripulantes recebem cuidados médicos em hospitais da cidade litorânea.

Veja também: Mais 19 tripulantes de navio parado em Santos (SP) estão com covid-19

O navio não está mais atracado no Porto porque foi preciso fazer o descarte de materiais. A operadora do Costa Fascinosa enviou nota e lamentou a morte do médico e informou que vai prestar o apoio necessário aos familiares da vítima.

Últimas