São Paulo Motorista é preso após acidente que deixou seis mortos na Grande São Paulo

Motorista é preso após acidente que deixou seis mortos na Grande São Paulo

Homem de 41 anos perdeu o controle da direção quando disputava racha, segundo a polícia

Motorista é preso após acidente que deixou seis mortos na Grande São Paulo

Motorista vai passar por exames para checar dosagem alcoolica

Motorista vai passar por exames para checar dosagem alcoolica

Reprodução/Rede Record

O motorista do carro que invadiu uma calçada e deixou seis pessoas mortas na Estrada do Rio Grande, em Mogi das Cruzes, Grande São Paulo, foi preso na manhã deste sábado (28). O acidente aconteceu por volta da 0h30.

De acordo com a Polícia Civil, Reginaldo Ferreira da Silva, de 41 anos, voltava de uma festa quando foi chamado para um racha pelo motorista de outo carro. Durante a corrida, Silva teria sido “fechado”, quando perdeu o controle da direção e atropelou oito pessoas estavam na calçada.

Seis pessoas morreram na hora. Uma foi encaminhada para o Pronto Socorro Luiza de Pinho Melo e outra sofreu um ferimento leve na perna, foi atendida pelo Corpo de bombeiros e liberada em seguida.

O motorista do outro carro que disputava o racha fugiu do local, mas o para-choque e a placa do veículo caíram na via. O material foi apreendido pela polícia e pode ajudar na identificação do homem.

Leia mais notícias de São Paulo

Reginaldo também fugiu do local incialmente, mas depois foi localizado. Ele foi atuado em flagrante e encaminhado para o IML (Instituto Médico legal) para fazer um exame de dosagem alcoolica. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial de Mogi das Cruzes.

Assista ao vídeo: