Motorista envolvido em batida com 5 mortos bebeu e não tem CNH

Segundo a polícia, homem que sobreviveu ao acidente confessou ter tomado 'três litrão' de bebida alcoólica e voltava de uma festa na região

Acidente entre dois veículos deixou cinco mortos na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega

Acidente entre dois veículos deixou cinco mortos na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega

Record TV

O motorista que sobreviveu ao acidente entre dois veículos na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Peruíbe, na Baixada Santista, na madrugada deste sábado (1º) não tem carteira de habilitação, disse à polícia que tomou “três litrão” de bebida alcóolica e que estava vindo de uma festa. Pedro dos Santos Pastor, de 35 anos, vai responder por homicídio doloso, quando assume o risco de matar. Cinco pessoas morreram no acidente.

A batida entre dois carros, a Pajero dirigida por Pastor e um Fiat Uno aconteceu por volta das 4h. Segundo o Corpo de Bombeiros, no Uno estavam três homens, uma mulher e uma criança, de um ano e oito meses. Todos morreram no local. O único sobrevivente foi o condutor da Pajero, que foi levado com ferimentos leves ao pronto-socorro da região.

"As informações preliminares dão conta de que o veículo importado saiu da sua mão correta de direção, em alta velocidade, e acabou colidindo frontalmente com esse veículo”, diz Moacir Mathias, capitão da Polícia Rodoviária Estadual.

O motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas confessou ter bebido. Ele foi preso em flagrante.

"Ele confessa que ingeriu 3 'litrão' de uma determinada bebida alcóolica”, disse o delegado Arilson Brandão. “Bem como, ele não é habilitado, ele confessa que não é habilitado e que ele estava vindo de uma festa que ocorreu nas imediações de Peruíbe."

A polícia também vai solicitar exame toxicológico do motorista que morreu no acidente.