São Paulo Motorista que bateu em ponto de ônibus e matou bebê é preso em SP

Motorista que bateu em ponto de ônibus e matou bebê é preso em SP

No total, oito pessoas, entre elas, cinco crianças e três adultos, foram atingidas por um carro em Campo Limpo Paulista

  • São Paulo | Do R7*

Bebê e criança morrem após motorista embriagado bater em ponto de ônibus

Bebê e criança morrem após motorista embriagado bater em ponto de ônibus

Reprodução Record TV

O homem embriagado, que invadiu um ponto de ônibus e atropelou oito pessoas, foi preso e autuado por homicídio doloso. O caso ocorreu na área rural da cidade de Campo Limpo Paulista. Um bebê de 11 meses e uma criança de 8 anos não resistiram aos ferimentos e morreram.

O ponto de ônibus, localizado na Estrada da Bragantina, no bairro Estância São Paulo, tinha uma espécie de cobertura que desabou com o impacto da batida.

Segundo as investigações, o motorista perdeu o controle do veículo, bateu em uma árvore e depois atingiu as vítimas. O carro parou somente após ter ficado preso a um barranco. Os moradores tiveram de prestar os primeiros socorros às vítimas.

A ambulância municipal levou o motorista para o hospital municipal. No local, a polícia civil o prendeu em flagrante. Segundo a prefeitura, foram duas crianças mortas e um bebê. Outro bebê está internado e dois adultos não sofreram ferimentos. 

Em nota, a prefeitura de Campo Limpo Paulista decretou luto oficial de três dias em função do acidente. A administração municipal lamentou o ocorrido e disse que irá prestar atendimento médico, social e psicológico aos envolvidos.

De acordo com o Hospital das Clíninas, três vítimas estão internadas e duas crianças morreram. Uma criança foi transferida em estado grave para Jundiaí e outras duas crianças foram liberadas.

A Polícia Militar atendeu a ocorrência e informou que o motorista apresentava sinais de embriaguez e foi levado ao hospital. A prisão em flagrante foi dada no local com a presença do delegado da Polícia Civil, Rafael Diorio. 

As vítimas esperavam um ônibus escolar quando foram atropeladas. A estrada onde ocorreu o acidente é estreita e movimentada. A polícia investiga ainda se o motorista estava fazendo um "racha" no local. 

* Com a colaboração de Vitor Hugo Martins, da Record TV

Últimas