Motoristas e cobradores de ônibus fazem protestos em terminais na manhã desta quarta-feira

Manifestantes reivindicam transparência no pleito eleitoral do Sindicato dos Motoristas 

No começo do mês, protesto similar aconteceu em São Paulo
No começo do mês, protesto similar aconteceu em São Paulo Rodrigo Dionisio/02.07.2013/Frame/Estadão Conteúdo

Motoristas e cobradores de ônibus realizarão um protesto, por volta das 8h desta quarta-feira (10), nos principais terminais rodoviários de São Paulo. O objetivo é fechar as entradas dos locais e paralisar a circulação de ônibus na cidade.  

Os manifestantes reivindicam transparência no pleito eleitoral do Sindicato dos Motoristas de São Paulo. Eles fazem parte da Chapa 2, composta pela minoria dissidente, que concorre ao pleito. As eleições estão marcadas para o dia 11 e 12 de julho.

No dia 2 deste mês, parte da classe já havia realizado um protesto parecido. O grupo bloqueou a saída dos terminais Parque Dom Pedro, Mercado e Bandeira.

Leia mais notícias de São Paulo

O sindicato informou em nota que "não apoia esse tipo de atitude em que inúmeros trabalhadores são usados como massa de manobra e a população é totalmente prejudicada, em favor de interesses pessoais de uma minoria, com uma ação que não é legitimada pela categoria e nem permitida pelo Estatuto".

Recomendação

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) recomenda que os motoristas evitem a região do terminal Parque Dom Pedro, já que a avenida do Estado, por exemplo, tinha quatro faixas fechadas e uma liberada, no sentido Ipiranga, por volta das 11h50.   A empresa registrava também, por volta das 12h10, mais de dez ocorrências no município relacionadas a protestos. Uma delas é na avenida João Dias, na altura do número 3.582. Outra era observada na avenida Cruzeiro do Sul e na estrada de Itapecerica.
Assista ao vídeo: