São Paulo MP de SP faz eleição para vaga no Conselho Nacional de Justiça

MP de SP faz eleição para vaga no Conselho Nacional de Justiça

Procurador de Justiça Marco Antonio Ferreira Lima deverá ser indicado no início de dezembro para ocupar a vaga no conselho do CNJ

  • São Paulo | Thiago Samora, da Record TV

Procurador de Justiça Marco Antonio Ferreira Lima

Procurador de Justiça Marco Antonio Ferreira Lima

Arquivo pessoal

O procurador de Justiça Marco Antonio Ferreira Lima, 57 anos, deverá ser indicado no início de dezembro para ocupar a vaga no conselho do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) destinada ao Ministério Público de São Paulo.

Até agora, Ferreira Lima, há 31 anos no MP de SP, é o único candidato a concorrer ao posto no CNJ pelo MP de SP. 

A votação para escolher do representante do MP Paulista no CNJ acontecerá em 1 de dezembro, das 9h às 17h, e será exclusivamente no site da instituição.

Após ter seu nome provavelmente validado na votação, Ferreira Lima ainda precisará ser referendado pelo procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mário Luiz Sarrubo.

Na terceira etapa do processo de escolha, Sarrubo levará o nome de Ferreira Lima para o Procurado-Geral da República, Augusto Aras, responsável por formar uma lista tríplice com eleitos em outros estados. Na fase final, esses três nomes serão sabatinados pelo Senado.

Atualmente, Ferreira Lima atua na 11ª Câmara Criminal, no Tribunal de Justiça de São Paulo, onde chegou em 2007. Em 1989, ele começou como promotor substituto em Itapeva e Campinas (interior de SP). Passou a promotor titular em Caconde. Seguiu para Santa Barbara d’Oeste e Suzano, antes de trabalhar no TJM (Tribunal de Justiça Militar) e, mais tarde, na 19º Vara Criminal.

Mestre em Direito Penal e doutor em Direito Processual Penal, Ferreira Lima é professor universitário há 28 anos e autor de diversos livros e artigos jurídicos. Também integrou o Órgão Especial do MP de SP.

Últimas