MPL faz ato alternativo no centro de SP

Este é o primeiro ato da organização após série de protestos violentos em janeiro

MPL faz ato alternativo no centro de SP

Os manifestantes atearam fogo em catracas durante protesto alternativo do Movimento Passe Livre

Os manifestantes atearam fogo em catracas durante protesto alternativo do Movimento Passe Livre

Giorgia Cavicchioli/ R7

O MPL (Movimento Passe Livre) se reuniu na tarde desta quinta-feira (25) em mais um protesto contra o aumento nas tarifas do transporte público em São Paulo. Porém, desta vez, o ato é feito em forma de festival como a organização prefere chamar.

A concentração começou por volta das 17h em frente ao Theatro Municipal. Até as 20h, havia cerca de 200 pessoas no local. O ato seguia de forma pacífica.

Antes do início do ato, policiais militares revistaram as pessoas que chegavam com mochilas. Diversas viaturas da PM estavam estacionadas na região central. Às 20h, os manifestantes atearam fogo em catracas.

Segundo Letícia Cardoso, de 20 anos, o grupo não tem um protesto como os de janeiro marcado. 

— O Festival Pula Catraca é o encerramento de um dia de discussões sobre a tarifa do transporte que a gente teve hoje, o grande dia da mobilização, em várias regiões da cidade. A gente não tem nada programado, mas isso não significa que a gente vai sair das ruas. Nós vamos continuar com as discussões e fazendo inúmeras atividades.

Artistas como MC Brankim e Issa Paz começaram a se apresentar a partir das 19h.

— Também sou pai de família e minha mulher pega transporte público. Às vezes tem que escolher entre o dinheiro da passagem e o arroz e o ovo.

MC Brankim é criador de um dos hinos dos protestos do MPL, que foi cantado por quem acompanhava o show: "eu tô boladão, não vou deixar o Geraldo aumentar a tarifa não; não vou deixar o Haddad aumentar o meu busão".

Em janeiro, o MPL organizou sete protestos contra o aumento da tarifa, sendo que a maioria foi reprimida com violência policial.

Elas são a cara da luta: mulheres tomam a linha de frente das manifestações em São Paulo

Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!