São Paulo Mulher escapa de 2 tentativas de assassinato em 3 dias na Grande SP

Mulher escapa de 2 tentativas de assassinato em 3 dias na Grande SP

Atentados ocorreram na terça e nesta quinta, em frente à casa da vítima, em Guarulhos. Família diz que ex-marido é responsável

  • São Paulo | Leticia Assis, da Agência Record

Caso ocorreu na Vila Itapegica, em Guarulhos (SP)

Caso ocorreu na Vila Itapegica, em Guarulhos (SP)

Reprodução/Google Street View

Uma mulher foi vítima de duas tentativas de homicídios nesta semana em frente à sua casa em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.

Na manhã de terça-feira (2), Cosmira Costa Santiago, de 42 anos, estava saindo para trabalhar quando foi abordada em frente de casa, na Vila Itapegica. De acordo com Nathielly, filha da vítima, Cosmira estava no ponto de ônibus a caminho do trabalho quando foi abordada por dois homens que efetuaram um disparo, atingindo somente de raspão o braço da mulher.

Após o disparo, relata a filha, Cosmira fez um curativo e seguiu para o trabalho. Ela não procurou atendimento por medo de precisar faltar ao emprego e perder o cargo, que conseguiu recentemente.

Já nesta quinta-feira, ao sair novamente para trabalhar, também no início da manhã, a mulher estava em frente de casa quando um veículo parou próximo a vítima. O condutor do carro abaixou o vidro e efetuou três disparos contra a vítima, acertando a perna.

Cosmira então foi socorrida e encaminhada estável ao Hospital Geral de Guarulhos, onde não corre risco de morrer.

Família acusa ex-marido

A família acusa o ex-marido de Cosmira, José Valter Souza Reis, de ser o mandante dos atentados. Segundo a filha, o casal está separado há cerca de seis meses e a mulher vem sofrendo constantes ameaças do homem desde então.

e acordo com Nathielly, além dos dois episódios desta semana, o casal também possui histórico de agressões. Durante a primeira separação, Cosmira já havia sido agredida por José, mas não registrou o boletim de ocorrência pois acreditou que o ex-marido havia se arrependido.

Após as constantes ameaças, a filha da vítima, o genro e dois netos passaram a ter medo de sair de casa. Segundo a jovem, José já foi visto diversas vezes próximo a casa vigiando a ex-mulher.

Neste momento, a filha e o ex-companheiro estão na delegacia prestando depoimento. José foi detido após a polícia ser acionada e realizar buscas pelo suspeito.

Durante a abordagem, foram encontrados cerca de R$ 4 mil com o homem. Ao checarem o rastreador do carro de José, foi constatado que o veículo havia passado próximo à casa da vítima momentos antes dos disparos.

Nathielly ainda afirma que o ex-padrasto responde a um processo por ter atirado em seu primo. A jovem não soube passar mais detalhes do caso.

A Polícia Militar recebeu um acionamento para pessoa ferida por disparo de arma de fogo no endereço citado por volta das 07h00 desta quinta-feira (04). De acordo com a corporação, a vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital Geral de Guarulhos, onde não corre risco de morrer.

Além de receber o acionamento por disparo de arma de fogo e informar sobre o estado de saúde de Cosmira, a Polícia Militar não divulgou mais detalhes pois a ocorrência ainda está em andamento.

O caso está sendo registrado no 2° Distrito Policial de Guarulhos.

Últimas