São Paulo Mulheres sofrem assédio em ônibus na zona sul de São Paulo

Mulheres sofrem assédio em ônibus na zona sul de São Paulo

Vítimas pensavam que se tratava de um assalto, até o suspeito começar a se tocar. Ele ainda debochou das duas ao fugir

Duas mulheres foram vítimas de assédio sexual dentro de um ônibus na zona sul de São Paulo. As vítimas discutiram com o suspeito e gravaram toda a ação. Mesmo assim, o homem conseguiu fugir e ainda debochou das mulheres.

Suspeito debochou das vítimas mesmo após o assédio

Suspeito debochou das vítimas mesmo após o assédio

Reprodução/Record TV

Segundo as vítimas, o homem embarcou e, em determinado momento, piscou para uma delas. Ele continuou se aproximado e sentou em um banco próximo. Ainda de acordo as duas, no início, pensaram que se tratava de um assalto, até o homem começar a tocar nas partes íntimas.

O suspeito se tocava enquanto olhava para elas, que começaram a a gravar um vídeo com o celular. As mulheres começaram a dizer que iriam denunciá-lo e foram até a cobradora do ônibus. Foi aí que ele se aproveitou do momento em que uma passageira iria descer e saiu, desdenhando do ocorrido.

Em nota, a SPTrans afirma que repudia qualquer tipo de abuso no transporte público e realiza campanhas preventivas sobre o tema.

Últimas