São Paulo Municípios de SP entram em fase final para cadastrar biometria 

Municípios de SP entram em fase final para cadastrar biometria 

Em 16 cidades do estado, habitantes devem realizar biometria até o dia 30 deste mês, sob pena de cancelamento do título eleitoral 

479 municípios exigirão biometria dos habitantes
 até o final do ano

479 municípios exigirão biometria dos habitantes até o final do ano

Rogério Gomes/Brazil Photo Press/Folhapress - 19.01.2016

No estado de São Paulo, a biometria no título eleitoral é obrigatória para eleitores habilitados de 479 municípios. Em 16 destes, os moradores terão até o dia 30 de agosto para completar o processo. Caso o prazo não seja respeitado, os cidadãos que não cadastrarem a digital terão o título de eleitor cancelado.

Além de não poder votar,  quem perder o prazo poderá ter impedimentos quanto a atos que exijam a quitação eleitoral, como: obtenção de passaporte e empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo. 

Águas de Lindóia, Álvaro de Carvalho, Alvinlândia, Barão de Antonina, Eldorado, Emilianópolis, Fernão, Gália, Garça, Iporanga, Itaporanga, Lindóia, Lupércio, Presidente Bernardes, Riversul e Serra Negra são as cidades em que o prazo se encerra em menos de duas semanas. Nestes municípios, haverá plantão neste final de semana (24 e 25 de agosto).

Leia mais: Estádio do Morumbi vira posto para cadastramento biométrico em SP

Os habitantes com obrigatoriedade do cadastramento da digital poderão utilizar posto de biometria no centro da capital paulista, que está apto a atender os eleitores de todo o estado. Localizado na Rua Dr. Falcão Filho, 121, o posto funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. 

Documentos necessários

Para se cadastrar, o eleitor deve agendar dia e hora do atendimento no site do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral). Um documento de identificação original (RG, Certidão de Nascimento, Passaporte) e um comprovante de residência recente são exigidos para o processo. Caso já tenha o título, o cidadão deve levá-lo.

Para o primeiro título, os homens entre 18 e 45 anos trazem também o comprovante de quitação com o serviço militar.

Cadastro até o fim de 2019

Válida desde janeiro deste ano, a tecnologia só poderá ser feita até o final de 2019 nestas cidades em que a biometria é obrigatória para a manutenção do título eleitoral. Em alguns casos, o número de eleitores com biometria não chega a 40% do valor total, de acordo com dados do TRE-SP.

É o caso de Taboão da Serra, que possui 82.730 cidadãos cadastrados com a tecnologia (o que equivale à 39,82% do eleitorado no município). Moradores do local terão até o dia 19 de dezembro (prazo mais longevo entre deste ano para regularizarem sua situação.  São Caetano tem 53,38% do seu eleitorado com biometria.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Ana Vinhas