Novo Coronavírus

São Paulo Nove são detidos em festa no bar com 120 pessoas em Jandira (SP)

Nove são detidos em festa no bar com 120 pessoas em Jandira (SP)

Local funcionava mesmo com as restrições impostas pelo governo na pandemia. Mais de 60 pessoas estavam sem máscara

  • São Paulo | Rodrigo Balbino e Edilson Muniz, da Agência Record

Nove são detidos em festa no bar com 120 pessoas em Jandira, na Grande SP

Nove são detidos em festa no bar com 120 pessoas em Jandira, na Grande SP

Divulgação

Nove pessoas foram conduzidas à delegacia após a Polícia Civil fechar um bar que funcionava com aglomeração de 120 pessoas no município de Jandira, na região metropolitana de São Paulo. O estado se encontra na fase de transição do Plano São Paulo para conter a propagação do novo coronavírus.

A ação foi coordenada pelo Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) do DOPE (Departamento de Operações Policiais Estratégicas) e contou com apoio da Tropa de Choque da Polícia Militar, GER (Grupo Especial de Reação) da Polícia Civil e agentes da Vigilância Sanitária e do Procon.

O local é conhecido como Oficina's Bar e está localizado na avenida São Bernardo do Campo, no bairro de Santa Tereza. Quando os policiais chegaram, 120 pessoas estavam no bar, sendo 66 delas sem máscara.

No local, que era fechado e não tinha ventilação adequada, foi constatado que as pessoas não respeitavam o distanciamento social e descumpriam o Decreto Estadual para combater a disseminação da covid-19.

Os policiais localizaram mesas de sinuca, tambores que eram utilizados para o consumo de bebidas e uso de narguilés, além de nove máquinas para jogos de azar.

Um dos jovens que estava no local improvisou uma máscara com um pedaço de papel higiênico enrolado no rosto. Outra mulher, que se identificou como advogada, estava alterada e ameaçou a equipe de cinegrafistas que registrava as imagens da operação.

O local foi interditado pela Vigilância Sanitária e autuado pelo Procon por infração às medidas sanitárias. A multa aplicada ao proprietário do comércio pode chegar a R$ 400 mil.

As pessoas que foram conduzidas à delegacia foram ouvidas, assinaram um termo circunstanciado e liberadas. Outros frequentadores que estavam no local também foram liberados após consulta a documentos pessoais. O caso foi registrado na Delegacia Central de Jandira.

Últimas