Número de mortes de motociclistas lidera as estatísticas em janeiro

De acordo com Infosiga, em janeiro deste ano foram registrados 136 casos, o que corresponde a 35,1% dos óbitos em São Paulo

Número de mortes de motociclistas lideram as estatísticas em janeiro

Motocicleta: acidentes lideram as estatísticas

Motocicleta: acidentes lideram as estatísticas

Reprodução/Record Bahia

O número de acidentes envolvendo mortes de motocicletas lideram as estatísticas de acordo com os dados divulgados pelo Governo do Estado na segunda-feira (19). De acordo com o Infosiga, em janeiro deste ano foram registrados 136 casos, o que corresponde a 35,1% dos óbitos no Estado.

Já os acidentes envolvendo automóveis ocupam a segunda posição, com 102 óbitos e 26,4% do total. Os pedestres aparecem na terceira posição - o primeiro mês de 2018, ocorreram 94 fatalidades envolvendo este grupo (24,3% do total). Por fim, acidentes envolvendo ciclistas somam 28 casos e representam 7,2% dos óbitos de São Paulo.

Perfil

O Infosiga também traça um perfil dos acidentes fatais. Jovens com idade entre 18 e 29 anos estão envolvidos em 1 de cada 3 casos. Homens são a grande maioria, correspondendo a 78% das vítimas.

O período noturno, com 51,7% das ocorrências, e fins de semana (43,9%) concentram as ocorrências fatais. O Infosiga mostra ainda que 38,5% dos acidentes são colisões entre veículos e que 53,8% das óbitos ocorrem nos hospitais.