São Paulo Obra do Expresso Aeroporto terá supervisão de empresa, diz CPTM

Obra do Expresso Aeroporto terá supervisão de empresa, diz CPTM

Licitação está marcada para 26 de junho. Para chegar a Barra Funda, será preciso construir sistema de rede aérea de energia

  • São Paulo | Do R7

Empresa vai para acompanhar obra do Expresso

Empresa vai para acompanhar obra do Expresso

Divulgação / Governo de SP

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) vai contratar uma empresa de engenharia especializada para supervisionar as obras que vão levar o Expresso Aeroporto até a estação Barra Funda, na zona oeste da capital paulista. A licitação está marcada para 26 de junho, às 10 horas, conforme publicado no Diário Oficial de quinta-feira (15).

O edital está disponível no site da CPTM. Nesta semana, segundo a companhia, ocorreu a sessão pública da licitação para contratação da empresa que vai fazer o projeto executivo, fornecimento e implantação de sistemas na extensão da Linha-13 Jade. A proposta com menor valor foi de R$ 158 milhões. O processo está agora em fase de análise da documentação para habilitação jurídica, técnica e financeira.

Já existe uma via férrea entre as estações Calmon Viana (onde começa atualmente a Linha 13), Luz (de onde partem os trens do Expresso Aeroporto) e Barra Funda. Para que a linha que liga São Paulo ao aeroporto Internacional de Guarulhos, na região metropolitana, chegue a Barra Funda, será preciso construir um sistema de rede aérea de energia e sinalização.

"O principal objetivo de levar a Linha 13 até a Barra Funda é desafogar a estação Luz, distribuindo melhor o fluxo de passageiros, além de levar o serviço até mais uma importante estação do sistema metroferroviário", disse o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

De acordo com a CPTM, a futura extensão operacional também pretende atender os trens que circulam na Linha 11-Coral que vão até a estação Luz.

O presidente da CPTM, Pedro Moro, detalhou o que será preciso fazer: "Entre as necessidades operacionais de expansão das linhas da CPTM estão o aumento do número de trens em circulação e da capacidade de suprimento de energia de tração, a modernização e adequação da rede aérea e via permanente e a modernização do sistema de sinalização para atender a demanda crescente de usuários".

Últimas