Obra na pista principal do aeroporto de Congonhas é concluída

Aeronaves de grande porte voltam a realizar pousos e decolagens a partir de domingo (6). Primeira aterrissagem acontece às 10h05

undefined

undefined

Divulgação / Infraero

A pista principal do Aeroporto de Congonhas voltará a receber pousos e decolagens neste domingo (6), após a conclusão de obras que custaram R$ 11,5 milhões e duraram 32 dias. A primeira operação programada é a chegada do voo 3009, da Latam, marcado para as 10h05.

De acordo com a Infraero, a reforma do pavimento deixa a pista mais segura, com mais capacidade de escoamento da água de chuva e maior aderência para os pneus das aeronaves.

O trabalho incluiu a fresagem do revestimento asfáltico antigo, a execução de camada estrutural de concreto asfáltico com grooving na região das cabeceiras e aplicação de uma camada superficial porosa de atrito, além de sinalização horizontal.

A decisão de realizar obras entre os meses de agosto e setembro, segundo a Infraero, levou em consideração a baixa incidência de chuvas na capital paulista.

Durante o período que a pista principal esteve em obras, Congonhas seguiu recebendo pousos e decolagens na pista auxiliar com aeronaves de menor porte, como ATR-72 e Caravan, conforme condições estabelecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em conjunto com o aeroporto, empresas aéreas e Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea).

Além disso, aeronaves de porte maior, como Boeing 737 e Airbus 320, puderam ter em Congonhas um estacionamento, já que a pista auxiliar pôde receber voos de traslado (sem passageiros).