São Paulo Ocupação de leitos não covid passa de 90% em SP, diz prefeitura

Ocupação de leitos não covid passa de 90% em SP, diz prefeitura

Secretário de Saúde da cidade, Edson Aparecido, disse nesta sexta-feira (4) que a administração municipal planeja abrir mais vagas 

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Prefeitura de SP pretende abrir mais leitos de UTI e enfermaria não covid

Prefeitura de SP pretende abrir mais leitos de UTI e enfermaria não covid

Reprodução/Record TV

O número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e enfermaria não covid ultrapassa os 90% na capital paulista e, por isso, a Prefeitura de São Paulo anunciou que planeja abrir novas vagas na cidade. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (4) pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido.

Segundo Edson Aparecido, o aumento se deve pelo fato de o município ter retomado os procedimentos de cirurgias eletivas, que haviam sido paralisados ao longo da pandemia do novo coronavírus.

Ainda de acordo com o secretário, quando há uma pressão no sistema de saúde é normal que seja feita a reversão de leitos. Neste caso, os destinados a pacientes de covid-19 podem se transformar em leitos de não-covid, assim como o contrário, de acordo com a necessidade municipal.

A Prefeitura de São Paulo diz que planeja abrir mais de 250 leitos de UTI na cidade até 20 de junho. Além disso, até dia 11 outros 30 leitos de UTI serão abertos no Hospital Guarapiranga.

Mesmo com a sobrecarga de leitos não-Covid, Edson afirmou que as consultas, exames e cirurgias eletivas não serão paralisadas, por hora.

Últimas