São Paulo Operação da polícia de SP busca 120 suspeitos de violência doméstica

Operação da polícia de SP busca 120 suspeitos de violência doméstica

Cerca de 85 policiais seguirão por diversos pontos de São Paulo e região metropolitana para encontrar suspeitos de atos antes e durante a quarentena

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Polícia Civil cumpre 120 mandados de prisão contra suspeitos de violência contra mulher

Polícia Civil cumpre 120 mandados de prisão contra suspeitos de violência contra mulher

Agência Brasil

A Polícia Civil realiza, na manhã desta sexta-feira (24), uma operação para cumprimento de 120 mandados de prisão contra suspeitos de praticar violência doméstica em São Paulo.

Leia mais: Relatos de brigas de casal crescem 431% na pandemia, diz pesquisa

A ação é coordenada pelo Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE). Até o momento o início da manhã, quatro homens foram presos. A polícia realiza diligências para encontrar os suspeitos.

A operação do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE) é realizada desde o início da manhã desta sexta-feira para capturar suspeitos de ter cometido violência doméstica na capital paulista e região metropolitana de São Paulo.

Leia mais: Violência contra vulneráveis cresce durante a pandemia 

De acordo com a delegada Ivalda Aleixo, responsável pelo DOPE, cerca de 85 policiais seguirão por diversos pontos da cidade de São Paulo e região metropolitana para capturar suspeitos de ter cometido violência doméstica antes e durante a quarentena. Ao todo são 120 mandados de prisão, inclusos também de prisão preventiva.

A Polícia Civil chegou até estes endereços após vasta investigação. Nos últimos dias, as denúncias de violência contra mulheres e até estupros aumentou, o que motivou a rapidez ainda maior nas investigações.

Ainda segundo a delegada, todos os agentes receberam Equipamentos de Proteção Individual (EPI's) e a orientação é de que, ao deter algum suspeito, imediatamente precisam entregar também a ele uma máscara para prevenção e proteção.

Últimas