São Paulo Operação de limpeza termina em confusão na região da Cracolândia

Operação de limpeza termina em confusão na região da Cracolândia

Prefeitura de SP diz que houve ataques de usuários de drogas aos GCMs. Alguns agentes ficaram feridos. Ninguém foi preso

  • São Paulo | Letícia Dauer e Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Confusão na Cracolândia durante ação rotineira de limpeza

Confusão na Cracolândia durante ação rotineira de limpeza

Reprodução

Uma operação de limpeza da prefeitura terminou em confusão entre usuários de drogas e guardas civis municipais na região da Cracolândia, no centro de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (24).

Diariamente a prefeitura, por meio da Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana), realiza ações de zeladoria da área com o apoio da GCM (Guarda Civil Metropolitana).

De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, houve ataques de usuários aos guardas e alguns agentes tiveram ferimentos leves.

Ainda segundo a pasta, apesar da confusão, não houve depredação e nenhuma pessoa detida. A situação foi normalizada sem registro de ocorrências.

Imagens que a Agência Record teve acesso registraram o momento de dispersão dos dependentes químicos. Em um dos vídeos, uma mulher aparece gritando e fazendo um alerta: "tem crianças no meio".

Um segundo vídeo flagrou um policial militar chutando uma pessoa na rua Santa Ifigênia, no cruzamento com a rua General Osório, no bairro Santa Ifigênia. 

A Polícia Militar informou, por telefone, que tem apenas um acionamento para prestar apoio a um princípio de tumulto na rua Helvétia, nos Campos Elíseos, às 9h23.

Em nota, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana informou que, durante ações de zeladoria na região da Luz, houve ataques de usuários aos guardas que prestavam apoio às equipes de limpeza. Alguns GCMs tiveram ferimentos superficiais.

Últimas