Novo Coronavírus

São Paulo Operação em SP tem 25 detidos e interdita quatro estabelecimentos

Operação em SP tem 25 detidos e interdita quatro estabelecimentos

Ação conjunta de fiscalização contra festas e aglomeração durante fase vermelha fechou cassino clandestino com 200 pessoas

  • São Paulo | Do R7

Operação contra festas em SP terminou com 25 detidos e interditou quatro estabelecimentos

Operação contra festas em SP terminou com 25 detidos e interditou quatro estabelecimentos

Divulgação / Governo de SP

A operação de fiscalização contra festas e aglomerações em São Paulo terminou com 25 pessoas detidas, sete estabelecimentos comerciais autuados e quatro interditados. Em uma das ações foi fechado um cassino clandestino de luxo na Vila Olímpia, onde 200 pessoas participavam do evento, entre elas o jogador do Flamengo conhecido como Gabigol e o funkeiro MC Gui.   

Para tentar conter a rápida propagação no novo coronavírus, a partir desta segunda-feira (15), o governo vai adotar regras ainda mais rígidas em todo o estado e toque de recolher entre 20h e 5h na chamada fase emergencial.

Entre a noite de sábado (13) e madrugada de domingo (14), foram abordadas 29.751 pessoas, sendo 25 detidas, segundo o governo. Foram vistoriados mais de 44 mil veículos, 367 foram recuperados e a Polícia Militar localizou 78 procurados.

A Vigilância Sanitária Estadual inspecionou 34 estabelecimentos comerciais, dos quais sete foram autuados e quatro interditados. As ações ocorreram nos bairros Vila Nova Conceição, Ibirapuera, Paraíso, Vila Mariana, Freguesia do Ó, Pompeia, Perdizes, Vila Olímpia, República, Brooklin e Panamby.

Fiscalização

A operação foi realizada pela Vigilância Sanitária em conjunto com o Procon-SP e as Polícias Militar e Civil. O objetivo era coibir eventos clandestinos, aglomerações e pancadões no estado, uma vez que houve o aumento de casos, mortes e internações por covid-19 e os hospitais já estão sobrecarregados.

Gabigol e MC Gui foram flagrados em cassino de luxo com 200 pessoas em meio à pandemia

Gabigol e MC Gui foram flagrados em cassino de luxo com 200 pessoas em meio à pandemia

Montagem R7/Divulgação Polícia Civil SP/Marcelo Gonçalves/Folhapress

A força-tarefa flagrou eventos irregulares, como a aglomeração de cerca de 200 pessoas em uma casa de jogos de alto padrão na Vila Olímpia. Os frequentadores estavam sem máscara, consumindo bebida alcoólica e desrespeitando as regras de distanciamento social.

De acordo com o governo, a Polícia Militar atuou de forma preventiva em diversos pontos da capital, como na avenida Giovani Gronchi, Praça Roosevelt, Paraisópolis, avenida Vieira Carvalho, rua Peixoto Gomide, avenida Jacu Pêssego, rua Rui Barbosa, avenida Paulista, rua Conselheiro Lafayete e estações do Metrô Vila Prudente, Penha e Carrão. 

Até o momento, o Procon fiscalizou 776 estabelecimentos que prestam atividade não essencial – como bares, baladas, restaurantes, lanchonetes – e autuou 104 (13,4% do total) por desrespeito às determinações do governo. As empresas são autuadas e podem ser multadas em até R$ 10,2 milhões de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

Últimas