São Paulo Pacientes expõem falta de médicos e atendimento em UPA de SP

Pacientes expõem falta de médicos e atendimento em UPA de SP

Em unidade de Rio Grande da Serra, há uma enfermeira e dois técnicos de enfermagem e faltam medicações, relata denunciante

  • São Paulo | Laura Lourenço, da Agência Record

Denunciante esteve na unidade no sábado (1º) e nesta segunda (3)

Denunciante esteve na unidade no sábado (1º) e nesta segunda (3)

Reprodução

Pacientes da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Rio Grande da Serra, na Grande São Paulo, estão enfrentando filas e falta de atendimento de médicos e enfermeiros desde o início da manhã desta segunda-feira (3).

Segundo informações do denunciante Thiago Guarnieri, que está no local por causa da internação de sua filha de 1 ano, desde as 7h a UPA está sem médicos e conta apenas com uma enfermeira e dois técnicos de enfermagem.

Também de acordo com o denunciante, quando ele compareceu à UPA no último sábado (1º) encontrou a porta que dá acesso às emergências da unidade fechada.

Thiago ainda contou à reportagem que a enfermeira da UPA disse a todos os pacientes que procurassem outra unidade de atendimento, pois no local não havia nenhum medicamento.

O denunciante informou que sua filha foi internada na unidade e terá alta nos próximos dias, porém está indignado com a situação em que outros pacientes se encontram.

Últimas