Pandemia cancela programação 2020 do Theatro Municipal de SP 

Quem já comprou ingressos para os eventos cancelados deve buscar o reembolso do valor entre esta quarta-feira (16) e o dia 7 de outubro

Orquestra Sinfônica Municipal teve apresentações canceladas até o fim do ano

Orquestra Sinfônica Municipal teve apresentações canceladas até o fim do ano

Bruno M. Viana / Divulgação

Todas as performances ao vivo do Theatro Municipal de São Paulo e da Praça das Artes previstas para este ano foram canceladas para proteger artistas, público e colaboradores da pandemia do novo coronavírus. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (15). 

Leia também: Prefeitura de SP adota home office definitivo em órgãos públicos

De acordo com o Instituto Odeon, "os protocolos de segurança sanitária atuais apontam para a inviabilidade de apresentações presenciais a curto e a médio prazo". Estão oficialmente canceladas as óperas Aída (suspensa em março, às vésperas da estreia), Navalha na Carne/Homens de Papel, Don Giovanni e Benjamin.

Também não ocorrerão a temporada do Balé da Cidade, os concertos presenciais da Orquestra Sinfônica Municipal, da Orquestra Experimental de Repertório, do Coral Paulistano, do Coro Lírico e do Quarteto de Cordas. Entram na lista ainda
os sete projetos da série Novos Modernistas previstos para 2020 como Guarani em Chamas, Ópera Rap, Teatro no Municipal e Carmen Desconstruída também estão cancelados.

Quem já comprou ingressos para os eventos cancelados, deve fazer o reembolso do valor entre esta quarta-feira (16) e o dia 7 de outubro pelo site da Eventim. Aqueles que perderam o prazo terão o valor dos ingressos convertidos em crédito, que dará ao consumidor a oportunidade de optar por eventos futuros em um prazo de até um ano.