São Paulo Perseguição da Rota termina com um morto e seis feridos em SP

Perseguição da Rota termina com um morto e seis feridos em SP

Segundo a Polícia Militar, suspeito de assaltar residências teria desobedecido sinal de parada da Rota e tentado fugir

  • São Paulo | Do R7

RONALDO SILVA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Uma perseguição policial na Marginal Tietê, no bairro do Jaguara, zona norte de São Paulo, terminou com uma pessoa morta e outras seis feridas, na tarde desta quinta-feira (24). 

De acordo com a Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), um carro passou por um radar na Marginal, e foi constatado pela polícia que o veículo estava envolvido em assalto e furto a residências. Em patrulhamento, equipes da Rota teriam identificado o carro e tentado abordar. O motorista teria se recusado a parar e, então, iniciou a perseguição.

Na fuga, o suspeito colidiu em outros veículos, devito à alta movimentação da via. Duas famílias que estavam em dois carros ficaram feridos.

Uma mulher de 63 anos e um homem de 59 anos tiveram ferimentos graves e foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. O casal foi levado para o Hospital Cruzeiro do Sul, em Osasco.

Outro casal e mais duas crianças também ficaram feridas. A família foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Não há informações sobre a unidade hospital que foram encaminhadas.

Imagens do helicóptero da Record TV filmaram a Marginal Tietê interditada pelos policiais. Um carro estava batido, o segundo capotado e o terceiro com o teto cortado. Segundo o Corpo de Bombeiros, uma vítima estava presa nas ferragens, por isso foi necessário cortar o automóvel para retirá-lo.

Últimas