São Paulo PF cumpre mandados por suspeita de fraudes na saúde em Ubatuba

PF cumpre mandados por suspeita de fraudes na saúde em Ubatuba

Agentes cumprem sete mandados de busca e apreensão na sede da Santa Casa de Ubatuba, no litoral de São Paulo

Agência Estado
Agentes investigam fraudes em organização social que faz gestão de Santa Casa em Ubatuba

Agentes investigam fraudes em organização social que faz gestão de Santa Casa em Ubatuba

Divulgação Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (27) a Operação Passos Largos para investigar supostas fraudes envolvendo o Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento da Medicina (ITDM), organização social que é responsável pela gestão da Santa Casa de Ubatuba, no litoral de São Paulo.

Agentes cumprem sete mandados de busca e apreensão na sede da Santa Casa de Ubatuba, na Secretaria Municipal de Saúde e em endereços ligados aos responsáveis pela ITDM. A ofensiva mira supostos crimes de fraude à licitação, associação criminosa e corrupção.

De acordo com a PF, as investigações miram suposta utilização, por parte da ITDM, de empresas prestadoras de serviços e fornecedoras de materiais e insumos. Os investigadores suspeitam de desvios de recursos financeiros e de materiais, além de eventuais superfaturamentos desde a contratação pela Prefeitura de Ubatuba.

A prefeitura de Ubatuba vem a público informar que a operação "Passos Largos", realizada pela Polícia Federal que se refere à investigação de suspeita de fraudes no Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento da Medicina (ITDM), organização social contratada no governo anterior para fazer a gestão da Santa Casa, com contratos firmados em 2019 e 2020.

A organização em questão cumpre aviso prévio e encerrará sua gestão do hospital no dia 30 de julho de 2021. A Prefeitura de Ubatuba colabora com todas as investigações da Polícia Federal e se coloca à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários, reafirmando seu compromisso com a lisura no uso dos recursos públicos.

Últimas