São Paulo PF faz operação contra tráfico e lavagem de dinheiro em São Paulo

PF faz operação contra tráfico e lavagem de dinheiro em São Paulo

Ao todo, 36 pessoas (físicas e jurídica) tiveram os sigilos bancário e fiscal afastados após movimentação atípica de R$ 20 bilhões

  • São Paulo | Do R7

Polícia Federal realizou operação contra tráfico e lavagem de dinheiro em São Paulo

Polícia Federal realizou operação contra tráfico e lavagem de dinheiro em São Paulo

Reprodução

A PF (Polícia Federal) realizou uma operação nesta quinta-feira (29) para desarticular uma organização criminosa especializada na prática de crimes de lavagem de dinheiro no interior de São Paulo. Na ação, batizada de "Rekt", foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, três na capital e um em Limeira, no interior do estado. 

Ao todo, 36 pessoas (sendo 32 jurídicas e 4 físicas) tiveram seus sigilos bancários e fiscais afastados por ordem da Justiça Federal de São Paulo. Segundo levantamento da operação, os envolvidos tiverem movimentação uma atípica de mais de 20 bilhões de reais em suas contas bancárias. Além desse valor, mais R$110 milhões foram apreendidos na conta bancária de uma corretora de criptoativos.

De acordo com a PF, a investigação apurou um grande esquema de lavagem de dinheiro envolvendo empresas de fachada, cadastradas em nome de ‘laranjas’. As contas bancárias das pessoas jurídicas foram usadas por traficantes de drogas, presos na Operação Planum, deflagrada em outubro de 2018.

A operação foi chamada de “Rekt” para referir-se a uma gíria usada no mercado de criptoativos, que significa a perda severa de patrimônio decorrente de uma transação equivocada ou investimento mal feito.

Os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de constituição de organização criminosa, com penas que variam de três a oito anos e multa, e de lavagem de dinheiro com pena de três a dez anos e multa. 

Últimas