São Paulo PF prende 7 suspeitos de tráfico internacional em Campinas (SP)

PF prende 7 suspeitos de tráfico internacional em Campinas (SP)

Justiça decretou prisão preventiva de 15 investigados de tráfico no aeroporto internacional de Viracopos. Oito seguem foragidos

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Registro de ação criminosa em Viracopos

Registro de ação criminosa em Viracopos

Reprodução

Sete pessoas foram presas em Campinas, no interior de São Paulo, em mais uma fase da maior operação da Polícia Federal contra o tráfico internacional de drogas no Brasil, nesta quinta-feira (3).

Os sete presos nesta quinta-feira já haviam sido presos em outubro, mas cumpriram prisão temporária e foram liberados depois de um mês. Agora eles voltam para trás das grades.

Isso porque as investigações da Polícia Federal avançaram e encontraram novas provas de conduta ilegal do grupo, pedindo novamente a prisão preventiva de 15 dos 33 investigados. O pedido foi aceito pela Justiça, e os outros oito suspeitos estão foragidos.

Além das prisões em Campinas, a Polícia Federal fez ações nos Estados de Mato Grosso, Amazonas e Rio Grande do Norte. Todas da Operação Overload — que significa "excesso de carga" em inglês, em referência à droga que era embarcada de forma clnadestina no aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas.

Conforme as investigações, por ser um aeroporto completo, que opera em todas as modalidades — exportação, importação, remessas expressas — foi verificado ocorrências em todas elas. Ainda de acordo com a PF, em 2019 foram apreendidos mais de 530 quilos de drogas com 42 prisões.

A Record TV mostrou com exclusividade no Domingo Espetacular a sofisticada estratégia de ação criminosa no aeroporto de Viracopos. Em imagens obtidas pela reportagem, o operador de um trator é surpreendido pela Receita Federal com 48 kg de cocaína, e o motorista de uma empresa que fornece comida para as companhias aéreas foi pego com 13 kg de drogas.

Últimas