Piloto é preso por transportar cocaína em helicóptero em Ibiúna

Carga totalizou 255 kg da droga e foi avaliada em mais de R$ 10,2 milhões. Suspeito fez pouso forçado perto de hospital de campanha, mas foi detido 

Mais de 250 kg de pasta de cocaína foram apreendidos em helicóptero

Mais de 250 kg de pasta de cocaína foram apreendidos em helicóptero

Divulgação

A Polícia Militar prendeu, na noite desta segunda-feira (7), um homem que transportava pasta base de cocaína em um helicóptero na região de Ibiúna, no interior de São Paulo. O suspeito foi detido após realizar o pouso e, com ele, os policiais apreenderam dois celulares, uma mochila com o GPS da aeronave e R$ 1.200.

Os tijolos de droga foram encaminhados para perícia e totalizaram 255 quilos de cocaína. A carga foi avaliada em mais de R$ 10,2 milhões.

Leia mais: Carreta tomba na Régis Bittencourt e moradores saqueiam carga

O piloto de Goiânia foi preso em flagrante por tráfico de drogas e a ocorrência foi registrada na Polícia Federal de Sorocaba. Ele foi encaminhado a um CDP (Centro de Detenção Provisória).

De acordo com a Polícia Militar, o Centro de Operações foi informado que um helicóptero teria pousado na área rural de Piedade e deixado drogas no local. Quando a equipe se aproximou, a aeronave levantou voo e fugiu sentido Ibiúna.

Veja também: Homem é preso com mais de R$ 100 mil e 105 pinos de cocaína em SP

Depois a equipe foi informada que o helicóptero tinha pousado no hospital de Campanha de Ibiúna, onde o piloto foi abordado e os materiais apreendidos. 

Droga foi descarregada em Piedade e o piloto foi detido em Ibiúna após pouso

Droga foi descarregada em Piedade e o piloto foi detido em Ibiúna após pouso

Divulgação

O caso

Wendel Biancardini Marques foi preso após descarregar caixas de pasta base de cocaína e realizar um pouso forçado de um helicóptero em Ibiúna, interior de São Paulo, na noite desta segunda-feira (7).

De acordo com a Polícia Militar e com a Guarda Civil Metropolitana de Ibiúna, agentes visualizaram um helicóptero voando em baixa altitude próximo ao Hospital de Campanha do município, na avenida Antônio Falci.

Leia ainda: Homem é preso após manter mulher refém em Santos (SP)

O piloto realizou um pouso forçado em uma região aberta próximo ao hospital e os agentes, imediatamente, foram ao encontro da aeronave. Dentro do helicóptero os policiais viram o piloto se arrumando para sair do local aparentando nervosismo e pressa.

Ele foi abordado pelos agentes e, muito nervoso, alegou que havia nevoeiro encobrindo a visão e pouco combustível, por isso realizou o pouso. Nada ilegal foi encontrado na aeronave.

Veja mais: Médica picada por cobra deixa a UTI e mantém tratamento em SP

Mas durante a averiguação, policiais militares chegaram ao local e disseram que o helicóptero havia deixado uma quantidade de drogas em um sítio na região de Piedade minutos antes e que os agentes já estavam em busca do piloto.

Segundo a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), o helicóptero de matrícula PR-OLE estava com a situação de aeronavegabilidade normal e não possuía restrições, por isso estava apto a voar. De acordo com a Polícia Federal, o helicóptero foi apreendido e está estacionado no hospital de campanha de Ibiúna.