São Paulo Piora a qualidade do ar na cidade de São Paulo, segundo Cetesb

Piora a qualidade do ar na cidade de São Paulo, segundo Cetesb

Capital não tem nenhuma região com qualidade boa do ar, tem seis moderadas e outras quatro ruins. Faz sol nesta sexta-feira (20)

  • São Paulo | Do R7

Piora qualidade do ar na cidade de São Paulo, segundo Cetesb

Piora qualidade do ar na cidade de São Paulo, segundo Cetesb

ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO - 19/08/2021

A cidade de São Paulo não tem uma região com a qualidade do ar boa, de acordo com o boletim da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) desta sexta-feira (20). São seis estações com qualidade moderada e quatro ruins. Não há nenhuma região também com qualidade muito ruim ou péssima. Na quinta, ainda havia uma com qualidade adequada.

O mesmo cenário se repete na região metropolitana de São Paulo. Já no interior do estado, seis estações têm qualidade boa do ar e outras 20, moderada. No litoral paulista, duas estações têm qualidade adequada do ar, uma ruim e uma moderada.

Na capital, Itaquera, na zona leste, o Pico do Jaraguá, na zona norte, e a Cidade Universitária e a ponte dos Remédios, na zona oeste, registram os piores índices de poluição.

Há altos índices de poluentes também no Capão Redondo, Grajaú-Parelheiros, Interlagos, Itaim Paulista, Perus e Pinheiros.

Atenção também para a qualidade do ar em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, Osasco na Grande São Paulo, e na Vila Parisi, em Cubatão, no litoral, de acordo com o boletim da Cetesb.

O boletim traz o resumo das condições da poluição atmosférica das últimas 24 horas. O estado de atenção é declarado quando as concentrações dos poluentes atmosféricos atingem a qualidade péssima.

Últimas