PM contraria vídeo e diz que vítima de tiro nas costas 'partiu para cima'

Em depoimento prestado no 10º DP de Osasco, PM diz que homem estava armado e atacou policial. Vídeo mostra vítima sendo beleada enquanto corria

PM matou homem com tiro nas costas

PM matou homem com tiro nas costas

Reprodução

A versão da Polícia Militar sobre a morte de Ivan Alves Tuchtler, 50 anos, dada no 10º DP de Osasco (Grande São Paulo), diz que o soldado Alipio Pereira Rodrigues atirou porque a vítima “partiu para cima” segurando uma arma de fogo.

O depoimento, prestado pelo também soldado da PM Murilo Araújo Vieira contraria o vídeo da ação, que mostra Ivan sendo baleado nas costas enquanto corre do policial militar. Assista abaixo.

De acordo com a versão policial, Ivan e um outro homem estavam praticando roubos na região. A Polícia Militar foi acionada e encontrou os suspeitos em um carro. Um deles foi preso e o outro morto.

Por meio de nota, a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) disse que "todas as circunstâncias relativas ao fato estão sendo apuradas pela Polícia Militar, que instaurou um IPM".

Ainda conforme a pasta, as armas dos PMs envolvidos no fato foram encaminhadas para perícia, assim como um revólver calibre ponto 38 e uma faca, que supostamente estavam com os suspeitos.

O caso foi registrado pelo 10º DP de Osasco.